1 Inclua na rotina a consulta de crédito
No processo da venda a análise de crédito é uma etapa importante – tanto dos novos quanto dos clientes que já estão na carteira. Com consultas recorrentes em banco de dados, como o Serasa, SCPC, SPC ou CDLs de sua cidade, é possível identificar quando o sinal amarelo deve ser acionado para garantir que o negócio seja fechado com segurança ou que o novo serviço prestado seja remunerado corretamente.

2 Garanta o recebimento com o cartão de crédito
Sempre opte pela venda e cobrança recorrente por cartão de crédito. Há taxas sobre a venda, claro, porém, com a transação efetuada com sucesso, o recebimento é garantido.
(Link) Leia também “Facilite a cobrança e reduza as tarifas”, na página xx

3 Organize uma rotina de cobrança
Crie ou busque um sistema de controle que possibilite o registro da cobrança. Nele deve constar todo título vencido a ser cobrado e qual a forma de abordagem. Esse contato pode ser realizado por meio de cartas de cobrança, emails de notificação e SMS informando o próximo vencimento. Opte por títulos com linha digitável para pagamento. Caso nenhuma alternativa traga resultados, negative seu cliente – esse deve ser o último passo na busca do recebimento do seu título.

4 No stress: automatize a cobrança
Otimize o tempo de seus colaboradores ao automatizar a cobrança por meio de sistemas especializados. Eles irão auxiliar na demanda de ligações, envio de SMS e emails, por exemplo, automatizando e estruturando a rotina.

5 Facilite a comunicação com o portal do cliente
Possuir um canal para seu cliente imprimir segunda via e atualizar boletos é fundamental para diminuir os casos de inadimplência. Além da função financeira, o portal pode dar “voz” ao cliente ao permitir que ele sugira alguma melhoria, faça uma reclamação, um elogio, abra uma solicitação. Isso melhora o relacionamento e é uma importante ferramenta de fidelização.

Para finalizar, um sistema de gestão
Para muitos gestores, possuir um sistema de gestão – software ERP – é a principal ferramenta para acabar com a inadimplência. Com ele, a análise de toda a vida do cliente é feita por um processo simples: desde a data do cadastro, o comportamento financeiro, se ele costuma pagar títulos com atraso, frequência de atrasos, enfim, o sistema pode realizar análises financeiras precisas e complexas. Assim, em possíveis negociações, os dados ficam mais acessíveis e é possível avaliar cada cliente conforme seu histórico financeiro.

Ao adotar essas ferramentas, de forma conjunta e sistematizada, você irá reduzir as taxas de inadimplência de sua empresa de segurança.

VALORIZE OS ADIMPLENTES
Pratique, também, ações de valorização de seus clientes constantes adimplentes. Sua empresa cria algo que está além da prestação de serviços: sua empresa cria VALOR junto a eles. E quando isso acontece, as chances de o cliente priorizar o pagamento do seu serviço são maiores.

Sobre o autor
Jefferson Favreto Adornes
Suporte Externo na Inside Sistemas, administrador, sempre em busca de conhecimento e informação para a gestão das empresas de segurança. Atua na área de implantação de sistemas há 7 anos e está finalizando a sua segunda graduação na área de Contábeis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *