O que há de novo na emissão e pagamento de boletos

Blog

  • Linkedin-03.png

O que há de novo na emissão e pagamento de boletos



A forma de nos relacionarmos com os boletos vai mudar. A partir de julho entrará em vigor a Nova Plataforma de Pagamentos que pretende aperfeiçoar o modelo atual com mecanismos que trazem:

-  mais controle,
- mais agilidade,
- mais segurança.

Por outro lado, ela pode ser, para quem emite os boletos, menos flexível e mais cara.

Fim dos boletos sem registro

Desta forma, o registro dos boletos passa a  ser obrigatório, bem como a inclusão do CPF/CNPJ do pagador dentre outras determinações. A Febraban – Federação Brasileira de Bancos – orienta aos clientes que operam na modalidade sem registro a contatar com sua instituição financeira para alinhar a emissão dos boletos com registro.

ATENÇÃO!

Os boletos emitidos para 2017 continuarão válidos. Já o emissor (empresa beneficiária) precisará comunicar e registrar o boleto na Instituição Beneficiária. Um boleto sem registro, emitido antes da implementação da Nova Plataforma, poderá ser registrado. O emissor deverá manter contato com a Instituição Beneficiária para ajuste desse procedimento

Mudança gradativa 

O setor bancário estabeleceu um cronograma de validação dos boletos na Nova Plataforma. Por isso, a implantação será feita em etapas:

Todos os boletos com valor

Data do início de validação

Igual ou acima de R$ 50.000,00

10/07/2017

Igual ou acima de R$ 2.000,00

11/09/2017

Igual ou acima de R$ 500,00

09/10/2017

Igual ou acima de R$ 200,00

13/11/2017

Boletos de todos os valores

11/12/2017

 

 VEJA O RESUMO DO QUE IRÁ MUDAR


Vantagens 

De acordo com a Febraban, um dos principais benefícios da implantação da Nova Plataforma é o fato de o pagador de um boleto vencido não precisar ir mais até o banco emissor para quitar seu débito – ele poderá ser pago em qualquer agência bancária.

Além disso, a cobrança registrada possui como vantagens:

- Gestão da carteira (sabe quem pagou, o que pagou e quando pagou);
- Conciliação e relatórios de gestão;
- Maior segurança e entrega eletrônica por meio do DDA – Débito Direto Autorizado;
- Uso dos boletos como lastro em operações de crédito*;
- Maior comodidade, pois permite o pagamento vencido em qualquer banco pelo DDA ou pela atualização do boleto no site do banco emissor;

 (*) Sujeita a análise/aprovação de crédito.


Cenário 

Anualmente são pagos, no Brasil, mais de 3,7 milhões de boletos bancários de venda de produtos ou serviços e ainda doações, destes, 40% são sem registro – é por isso que muitas empresas serão afetadas com esta mudança. A última modernização do sistema de liquidação para os boletos bancários ocorreu em outubro de 1993.

Boleto 

Conheça o Boleto Inside, um sistema seguro de emissão e recebimento de boletos bancários para empresas de segurança eletrônica com faturamento recorrente (mensalidades, planos, assinaturas).



CONHEÇA MAIS SOBRE O BOLETO INSIDE



FIQUE CONECTADO COM A INSIDE