O começo de todo negócio não é simples. O empreendedor acumula funções de gestor, vendedor, RH, marketing, técnico, compras, estoquista e tantas outras que são necessárias para que a empresa caminhe

O acúmulo de funções é inevitável e frequentemente a sobrecarga é tão grande que é necessário aumentar a jornada de trabalho para dar conta da demanda.

Neste momento, o gestor tem que fazer uma escolha e deixar de lado o seu tempo de descanso com a família, amigos, praticar um esporte ou qualquer atividade que lhe dê prazer e faça recarregar as suas energias.

Será que com mais gente, tudo melhora?

Com o crescimento do negócio e mais gente para cumprir com as funções que antes eram resolvidas por uma só pessoa, a esperança de ter uma rotina mais calma vai por terra: caixa de e-mail lotada, agenda sem espaço para novos compromissos – profissionais e individuais –, muitas conversas em andamento pelo Whatsapp – já pensou em usar a função “Etiqueta” para separar prioridades ou casos a resolver? 😁

A bola de neve vai crescendo à medida que os dias passam e quando se percebe, o gestor está gastando mais tempo organizando o que precisa ser feito do que realmente executando uma ação ou delegando as atividades por falta de informação ou controle adequado.

Será que com planilhas, tenho controle total?

Neste momento, recorre-se a aplicativos ou planilhas que organizam tarefas para cada setor. Isso é um passo para começar a melhorar o gerenciamento das atividades, pois ter um controle maior ajudará a melhorar o desempenho, aumentar a eficiência da empresa e dos colaboradores.

Ufa, acho que agora é possível ganhar um tempo a mais para viver! 😌

Mas será? 😟
Vamos refletir:

– As informações estão organizadas a ponto que consiga medir?
– Existe um fluxo destas informações onde os funcionários da empresa podem visualizar?
– Consegue gerar dados destas informações para tomada de decisão?

Poderia apresentar dezenas de questionamentos para avaliar se planilhas e aplicativos são suficientes para ter uma empresa organizada, ativa, rentável sem sugar todas as energias do gestor.

Mas isso não acontece sem integração e organização sistêmica. Tomar decisões baseadas no feeling de gestor não é suficiente – é preciso agregar à essa percepção empreendedora, dados que podem trazer mais assertividade na condução do negócio. 

Com um sistema de gestão, tudo fica mais simples e fácil!

Só um sistema de gestão pode trazer o controle de todos os fluxos. Seja ele um processo simples como as contas a pagar e a receber, ou mais complexos e específicos como gerar um contrato, passar pelo estoque, abrir uma OS, direcionar ao técnico por meio do celular, executar a instalação do projeto, faturar, gerar a nota fiscal e o contas a receber, integrar online com o banco e cobrar.

Além dessa dinâmica integrada, o sistema pode trazer dados e métricas que irão orientar a tomada de decisões assertivas, trazendo resultados como economia de tempo e dinheiro, profissionalização e crescimento da empresa. Um ciclo virtuoso que está ao alcance de todos os empresários, empreendedores e gestores que buscam o sucesso.

Por isso, desde o primeiro passo para criar uma empresa, independente do porte que ela seja, contar com um sistema de gestão é fundamental para a manutenção e o crescimento de seu negócio. Ele deve ajudar o gestor na tomada de decisão, na metrificação do desempenho de equipe técnica, no planejamento financeiro e na geração de todos os processos dentro de um fluxo organizado.

Conte com o EuGestor

Atenta às necessidades dos gestores e à dinâmica do mercado, a Inside Sistemas apresenta o EuGestor, um software de gestão cloud, feito para negócios compactos que precisam de dinamismo, assertividade e resultados.

O EuGestor possui funcionalidades e integrações para a completa gestão de uma empresa de segurança, seja ela de venda, locação, instalação e manutenção de equipamentos, seja ela de monitoramento ou rastreamento.

Facilidade no gerenciamento dos processos
– Integração dos setores: todas as áreas da empresa conectadas: comercial, operacional, técnico, financeiro, administrativo, estoque.
– Integração monitoramento e rastreamento: cadastro unificado de clientes, bloqueio por inadimplência e reativação automática após pagamento.
– Cobrança automatizada: com poucos comandos é possível faturar toda a carteira e enviar, automaticamente, os boletos aos clientes.
– Gestão de OSs: controle de andamento das ordens de serviço: da liberação a ativação no cliente.
– Comercial: controle de bonificação e despesas de contrato. Integração com o financeiro.
 
Rapidez para analisar dados e tomar decisões
– Soluções de pagamento: emissão de boletos com tarifas reduzidas e processos automatizados. Receba dos clientes via cartão de crédito e diminua a inadimplência.
– Estoque: controle de estoque, geral ou individual (técnico). A alimentação do estoque se dá pela importação do xml da NF de entrada e a saída dos produtos acontece no faturamento da ordem de serviço. A assertividade e o controle se tornam maiores.
– Baixas automáticas: de tempo em tempo, o sistema dá um comando para o PJ Bank realizar a baixa automática dos boletos pagos.
 
Diferenciais
– Cloud e Mobile: saiba como está sua empresa, onde quer que você esteja.
– Aplicativo exclusivo para OSs: da abertura à execução das Ordens de Serviços, tudo centralizado via aplicativo.
– Portal do Cliente: mantenha um relacionamento próximo ao seu cliente e permita que ele acesse seus próprios dados, o financeiro e o operacional.
– Simples e intuitivo: layout moderno e fácil de usar.

Conheça o que o EuGestor pode fazer por sua empresa e por você.
Agende uma demonstração.

Um sistema de gestão pode fazer mais que organizar seus processos. Ele pode conectar sua empresa com o sucesso

O conceito de ERP já é muito conhecido e não é à toa. Sua história soma mais de meio século de vida. Muitas pessoas iniciaram no mercado de trabalho utilizando um sistema e, muitas vezes, não deram conta que o avanço da tecnologia permitiu que ele fosse muito além de um software de apoio à gestão da empresa: passou a ser um elemento primordial de sucesso em um mercado cada vez mais competitivo e conectado.

E essa evolução não se restringe às ferramentas. A mudança rápida das tecnologias exige atenção dos gestores que vêm seus negócios sendo afetados pelas novas conexões. É preciso ser extremamente estratégico para chegar ao sucesso.

Em seis décadas de história, o ERP consolida-se como ferramenta essencial na otimização de processos administrativos e operacionais nas empresas. Ele está acessível e deve nascer junto com qualquer novo negócio


O mesmo sistema, novas conexões

Flexível às mudanças dos negócios, uma nova geração de sistemas se apresenta ao mercado. Conhecidos como ERPs verticais, eles são específicos para o modelo de negócio da empresa em que será implantado.

São inúmeros benefícios para o negócio:

  • o sistema tornará a gestão mais familiar, com aderência natural aos processos da empresa ao software;
  • tomada de decisões baseadas em dados;
  • informações consistentes;
  • sem necessidade de customização;
  • investimento menor com o ROI (retorno sobre o investimento).

O comportamento do consumidor também influencia a evolução do ERP. A facilidade na contratação de um serviço ou na compra de um produto dá ritmo às interações das pessoas com os negócios. Assinar um canal de streaming sem contrato ou financiar um carro sem levar junto com ele o “travesseiro” com as parcelas impressas são alguns dos exemplos de liberdade que os ERPs nos oferecem.  

Mas para isso acontecer, o seu ERP deixou de estar integrado somente com os departamentos dentro da empresa. Ele deve se conectar com o mundão lá fora!

Mobilidade

O ERP integrou com a mobilidade, permitindo que a equipe comercial, por exemplo, tenha a oportunidade de aproveitar o momento quente da negociação para fechar novos contratos, além de possibilitar que faça a gestão da carteira e de seus compromissos em qualquer lugar.

Consultas

Integrado com empresas especializadas, faz a consulta da restrição crédito do cliente de forma automática, no momento da venda, evitando a entrada de clientes que podem sujar a carteira.

Aceite digital

Eficiência na gestão de contratos, permitindo o aceite digital do contrato como seu departamento administrativo. Menos papel, menos burocracia e mais controle.

Banco digital

Conexão com o banco digitalmente ou cartão de crédito: traz uma experiência nova sem papel.

Soluções de pagamento
Conheça o Boleto e Cartão Inside

Comunicação

Aproximação do seu cliente com a marca. Por meio de um portal, ele pode se comunicar com você, solicitar serviços na hora que ele quiser e da forma que as pessoas mais se comunicam: digitalmente.

Resultados

Cobrança automatizada via e-mail dias antes do vencimento ajudando a lembrá-lo do vencimento, e claro, reduzir a sua inadimplência. Um dia antes do vencimento ele receberá um WhatsApp com os dados do boleto, podendo fazer o pagamento no app do banco, em apenas… vejamos… ops, já pagou!

Campanha de Marketing

Permite fazer contato com o seu cliente, divulgando produtos e serviços que o mesmo ainda não tenha contratado, aumentando o seu faturamento e fortalecendo o relacionamento com sua marca. É mais fácil agregar valor em um cliente da base, do que conquistar um novo cliente!

Agregue mais conhecimento sobre esse assunto, leia o artigo:
Carteira de clientes: prospecção nem sempre é a melhor solução

Parte da sua estratégia

Nos simples processos mencionados, o ERP proporcionou diversas conexões estratégicas para um negócio, especialmente do segmento da segurança. Ações que agregam valor ao cliente, aumentam a eficiência e impactam diretamente a saúde financeira do empreendimento.

É por isso que a nova geração do ERPs é hub estratégico para conseguir atingir o sucesso do negócio. E não para por aí. A evolução será constante e cada vez mais rápida. Por isso o gestor precisa estar atento, atualizando-se constantemente a essas evoluções, olhando o ERP como parte diretamente ligada a estratégia e sucesso do seu negócio.

Sobre o autor
Ricardo Calizotti
Diretor de Relacionamento